Um blog de recortes e de textos sobre a forma mais sensível de amar, o amor que nasce da amizade, além de outros textos sobre amor, amizade e relacionamentos entre amigos.
31
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 06:53link do post | comentar

Certo, você está sozinho(a) e quer uma companhia. Pessoas "menos dotadas" que você estão acompanhadas e você, aí...


É importante, como dissemos ontem, mostrar disponibilidade. É o que dizem os especialistas.


Isto passa, entre outras coisas, por:


- Ter alta autoestima: irradiar positividade e alegria faz com que as pessoas queiram estar próximas de você, compartilhando a mesma felicidade.


- Vestir-se de forma atraente: ter um estilo próprio é muito positivo. Eu já havia comentado sobre o quanto é difícil encontrar roupas e acessórios diferenciados dos padrões ou das tribos, mas você pode fazer combinações, pode usar roupas que alguns diriam que "saiu de moda"... O importante é não usar a roupa para se camuflar na tribo. É não ser mais um na multidão.


- Tratar bem as pessoas: mais do que ser educado, é bom ser simpático e mostrar interesse pelo outro, por sua vida, ser solidário, enfim... te torna atraente. Mas deve-se fazer isso de coração, e não como obrigação. O que inclui saber dizer sim e, claro, saber dizer não.


- Conversar: cada pessoa é um mundo. Conversar nos permite conhecer cada um dos mundos que se escondem por aí. Podem te levar a novos amigos, podem te levar a descobrir que você não é a única que tem fixação pelas coisas da Tanzânia, ou por guardar papéis de bala, ou por não se impressionar com xavequeiros profissionais... E isso volta no primeiro item: saber que é normal aumenta a autoestima! Além disso, conversando é que se aprende a conversar!


- Mostrar personalidade: quem não se apaixonou pela menina que defendia o irmão mais novo na escola? Não teve o articulista que se apaixonou pela presidente Dilma? Pois é... Pessoas de personalidade têm fãs! Mas não basta ser diferente para se destacar. É preciso ter uma razão para isso. É preciso ter ideais. E ter ideais, e ter firmeza nos seus ideais, dá segurança para quem está ao seu redor. É isso para homens e para mulheres!


Ok, então, mãos à obra!


30
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 01:51link do post | comentar

Boas notícias para você que não se acha bonito.


São muitos os especialistas que afirmam - e não é difícil perceber na prática - que a atração física não tem relação direta com a beleza.


Ou seja, você pode, sim, ser atraente, sem ser bonito.


Contudo, os mesmos especialistas afirmam que há um prejuízo, sim, se você for feio. Ou seja, pode ser bonito ou mediano. Feio, aí complica!


Isto se deve à atitude do sujeito em relação à exibição da sua sensualidade e, em especial, da sua disponibilidade. Veja, a vulgaridade não combina com a sensualidade. Não é isto. É possível, perfeitamente, caracterizar a sua sexualidade sem ser banal.


Você deve conhecer inúmeros sujeitos que não são bonitos, mas "pegam" todas as "menininhas". Mulheres que fazem muito sucesso entre os homens mesmo sem grandes atributos físicos. Há fatores por trás disto. E o principal é mostrar-se disponível.


Como disse Sherry Argov no seu livro comentado na semana passada, "sucesso no amor não tem nada a ver com aparência, e sim com atitude".


29
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:51link do post | comentar

Como prosseguimento à postagem de ontem, vale lembrar, também, que há uma situação ainda mais extrema: a procura por algo que não se sabe, ao certo o que é, fora de si ou da relação que se leva, porque... o sujeito não conhece a si próprio!

 

Não é brincadeira. A pessoa não sabe o que lhe satisfaz, o que lhe traz felicidade, passando, frequentemente, a emular comportamentos de massa que, supostamente, trazem felicidade àqueles que os exercem.

 

Você vai à balada para beijar, sendo que o que realmente quer é um relacionamento sério...

 

Trai o seu parceiro, quando o que deseja é melhorar a relação tão valiosa...

 

Compra compulsivamente, mesmo já tendo o que precisa para viver...

 

Adota um bichinho de estimação, quando sente falta, mesmo, é de uma companhia humana...

 

Para cada comportamento deletério, um tratamento. Mas, antes de mais nada, é preciso conhecer a si próprio  perceber que algo não está certo. Mudanças, neste caso, só são possíveis quando partem de nós.


28
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 01:38link do post | comentar

Uma colega paulistana tem em seu computador uma foto do Pátio do Colégio. Trata-se, simplesmente, do primeiro local de povoamento da cidade de São Paulo. Lá foi rezada a primeira missa da localidade, ainda pelo padre Anchieta. Enfim, um local de notável importância histórica e turística.


Pois não é que nenhum de seus/suas colegas de trabalho, paulistanos, mas trabalhadores e moradores de bairros nobres da cidade, reconheceu a foto?


"Ah, que lindo prédio, onde é?"


"Ué? Em São Paulo!"


"Como assim? Não acredito!"


Basicamente, o sujeito atravessa o mundo para ver uma construção histórica, mas não reconhece o valor turístico da sua própria cidade...


É mais ou menos o que acontece quando você se desespera a procurar um novo amigo, até pela internet, mesmo sendo casado, e tudo porque não buscou ser amigo do seu parceiro...


Ah... cadê o AmorAmigo?


27
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 03:25link do post | comentar

De noite na cama
Marisa Monte
Composição: Caetano Veloso

 

http://letras.terra.com.br/marisa-monte/26827/


De noite na cama, eu fico pensando
Se você me ama ... E quando
Se você me ama, eu fico pensando
De noite na cama ... E quando


De dia eu faço graça
Pra não dar bandeira
Não deixo você ver
De dia o tempo passa como brincadeira
Por longe de você
Por onde você mora
Para e se demora
Por hora não vou ter
Coragem de dizer
Mas há de ver a hora
... Se você for embora


Agora
De noite na cama, eu fico pensando
Se você me ama e quando
Se você me ama, eu fico pensando
De noite na cama e quando


26
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:17link do post | comentar

Como prometido, seguem algumas frases do blog "Banalizaram o amor! E agora?"

 

http://banalizaramoamoreagora.blogspot.com/

 

"Você nunca pediu mais do que eu podia dar e eu sempre quis mais, quis menos, sempre quis diferente. Você nunca exigiu nada de mim, só queria minha existência e eu não soube nem existir pra você."
Verônica H.

 

"Se as pessoas estão sempre indo e vindo, eu só queria alguém minimamente eterno em sua duração, que me fizesse parar de achar normal essa história de perder as pessoas pela vida."
Verônica H.

 

Talvez nunca mais se cruzem. Talvez ela mude de emprego, alugue um apartamento novo de frente para um pracinha com uma única árvore, comece a acordar às cinco da manhã, passe o café enquanto procura um par de meias, venda o carro, comece a pegar duas lotações para chegar no novo emprego, ache até bonito o uniforme, quem sabe canse no fim do dia, chegue atrasada no ponto de ônibus, não tenha o dinheiro para o táxi. Ele deve ter escolhido ficar em São Paulo, ou no Rio de Janeiro ou em Brasília, não importa aonde ele tenha ficado, talvez ele queira ganhar muito dinheiro, comprar um flat de frente para o mar, viajar para Dubai no próximo feriado, comprar um carro novo, pedir para alguém fazer seu café, ter uma sala só para ele no andar mais alto do prédio, sapatos de couro, meias bem alinhadas, talvez ele preferisse ternos mais claros, um cartão com limite mais alto. Eles não souberam quando começaram ou terminaram, se por algum momento a mágica do “nós” chegou a acontecer, se podia ser amor ter vontade de dividir uma pizza. Talvez ela quisesse somente uma companhia, alguém para chamar de “amor”, um par de meias novas no Natal e passear na pracinha que tem apenas uma árvore. Ele quis um apartamento maior, a estabilidade que pode ser superficialmente alcançada, um salário mais proveitoso. Nunca disseram adeus, nem até mais, nem qualquer outra coisa que desse possibilidade de um fim ou de um próximo encontro; terminavam as conversas com beijos, quando mais frios com abraços. Talvez ele a ame. Talvez ela quisesse saber disso. Por causa da mudez das emoções que sentiam, eles não sabiam que destino davam a si. O bonito deles é a coisa mais simples em suas histórias: de alguma forma silenciosa e cheia de esperança, eles esperavam um pelo outro, embora nenhum pedido tenha sido feito.
Cáh Morandi


25
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:13link do post | comentar | ver comentários (1)

Há um blog bem interessante com frases românticas.

 

http://banalizaramoamoreagora.blogspot.com/

 

Trago hoje e amanhã algumas frases de lá retiradas (não verifiquei a autenticidade da autoria):

 

"Amar alguém é viver o exercício constante, de não querer fazer do outro o que a gente gostaria que ele fosse. A experiência de amar e ser amado é acima de tudo a experiência do respeito."
Padre Fábio de Melo

 

"Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil."
Clarice Lispector

 

"O que tem me mantido vivo hoje é a ilusão ou a esperança dessa coisa, "esse lugar confuso", o Amor um dia. E de repente te proíbem isso. Eu tenho me sentido muito mal vendo minha capacidade de amar sendo destroçada, proibida, impedida".
C.F.A


24
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:04link do post | comentar

Reportagem da Folha de S.Paulo de 30 de novembro do ano passado fala da profissão de "personal sex trainer".

 

Basicamente, trata-se de um conselheiro sexual. Ele ajusta as fantasias do casal para que a vida sexual volte (ou passe) a ser animada.

 

Como já comentei, se falta diálogo a ponto de uma terceira pessoa ter de falar de sexo com o casal, então a situação do AmorAmigo está muito mais para Amigo que para Amor... (se é que o relacionamento é de AmorAmigo, o que é vital...)

 

Veja o que diz a psiquiatra Carmita Abdo, do Programa de Estudos em Sexualidade do Hospital das Clínicas: "O trabalho de 'personal' pode ser interessante para casais que têm muita falta de percepção deles mesmos, mas se o problema é uma disfunção sexual ou um conflito psicológico, daí só o terapeuta é que pode resolver."

 

Haja falta de percepção!

 

Pelo menos, o casal que usou os serviços e foi abordado pela repórter afirma: "No começo, foi constrangedor, mas no fim, voltamos a ser como antes", disse o marido. A mulher completou: "Hoje, algema é rotina".


23
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:59link do post | comentar

Just The Way You Are
Barry White
Composição: Billy Joel / Barry White

 

(ouça clicando aqui)


I never take anything for granted
Only a fool maybe takes things for granted
Just because it's here today, it can be gone tomorrow
And i guess that's why
Why i "chewd" you so much because you
You haven't changed
Baby you're still the same
You're just as sweet, you're just as beautiful as ever
You know i'm a little old-fashioned
I guees you can call me a little traditional because
I love things
To stay like they are between you and me
And that's one thing that you never in your life
Will ever have to worry about me
I'll ever changer to oust you because,
Baby i love you
Girl, i love you
Just the way you are

 

----

 

Don't go changing, trying to please me
You never let me down before
I don't imagine you're too familiar
And I don't see you anymore
I wouldn't leave you in times of trouble
We never could have come this far
I took the good times, I'll take the bad times
I'll take you just the way you are

Don't go trying some new fashion
Don't change the color of your hair
You always have my unspoken passion
Although I might not seem to care

I don't want clever conversation
don't want to work that hard
I just want some someone to talk to
I want you just the way you are.

I need to know that you will always be
The same old someone that I knew
What will it take till you believe in me
The way that I believe in you.

I said I love you and that's forever
And this I promise from my heart
I could not love you any better
I love you just the way you are.

 

---

 

Tradução da parte cantada (link aqui):

 

Não vá mudar para tentar me agradar
Você nunca me decepcionou antes
Não fique pensando que já te esqueci
E não te procuro mais
Eu jamais te deixaria em tempos ruins
Nós nunca chegamos a este ponto
Eu aceitei os tempos bons e aceitarei os ruins
E te aceitarei do jeito que você é
Não comece a experimentar uma nova moda
Não mude a cor do cabelo
Você sempre terá minha paixão silenciosa
Embora não pareça que me importo
Eu não quero apenas uma conversa inteligente
Não Não quero me esforçar muito
Eu só quero alguém que eu possa conversar
Eu quero você do jeito que é
Eu preciso saber que você sempre será
A mesma velha pessoa que conheci
O que será necessário até que você acredite em mim
Da mesma forma que acredito em você
Eu disse que te amo e isto é para sempre
E isto eu te prometo do fundo do meu coração
Eu não sei outra maneira de te amar
Eu só sei te amar do jeito que você é 


22
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 03:33link do post | comentar

"Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás". É a ideia vendida por Sherry Argov em seu livro. Para ela, a mulher poderosa sabe ser terna, mas sem se tornar boazinha demais.

 

Sim, mas eu tenho uma hipótese:

 

Mulheres poderosas, no sentido trazido pela autora, são mães ideais: rigorosas na educação de seus filhos, sem excesso de permissividades e mimos, mas sem abandoná-los à própria sorte.

 

Pode ser que esteja aí a afinidade dos homens por este perfil de mulher.

 

O desejo, ainda que não intencional, mas puramente fisiológico, é o de estabelecer relação estável com uma mulher que mostre que será capaz de ser uma boa mãe.

 

Pode ser, também, que a busca das mulheres por homens inteligentes, sensíveis, bem-humorados e fiéis seja reflexo involuntário da busca por um bom pai.

 

O que você acha?


21
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 03:56link do post | comentar

No referido livro, há, ainda, 10 características que definem a mulher poderosa, segundo a autora Sherry Argov (em itálico). Seguem comentários meus:

 

1. Ela mantém a própria independência.
Não importa se ela é garçonete ou empresária. Ela gosta do que faz e da capacidade de se sustentar com seu trabalho.

Há homens que gostam disso, a maioria. Mas há um outro lado: é um jeito de o homem não se sentir culpado na hora do pé na bunda.


2. Ela não corre atrás do homem.
A lua, o sol e as estrelas não giram em torno dele. Ela não corre atrás do homem nem vigia seus passos. Ele não é o centro do Universo.
Maravilha! Isto só complementa o item anterior. Mas cuidado com o outro lado: deixou solto demais... perde!

 

3. Ela é misteriosa.
Existe uma diferença entre ser verdadeira e dizer tudo o que sente. A mulher poderosa escolhe o que quer revelar e tem um universo próprio. Nesse sentido, ela é imprevisível e desperta a curiosidade.
Cuidado com o outro lado: deixar de ser franco e aberto sobre o que se quer, ou seja, deixar o AmorAmigo, é muito arriscado. Tem gente até tendo de contratar um certo "personal sex" para reanimar o casamento... tudo pela falta de comunicação.

 

4. Ela deixa espaço para que ele sinta saudade.
Ela não o vê todas as noites, não deixa longas mensagens em sua caixa postal nem se torna íntima da secretária dele logo após o primeiro encontro. Os homens gostam de sentir falta da mulher – isso os estimula.

Os homens gostam de sentir falta da mulher? Não tem nada a ver! A questão já se colocou aqui: não se dá valor ao que é fácil. Além disso, ninguém gosta de pessoa-chiclete. Volta-se ao ponto 1: quem é independente tem mais preocupações do que somente pensar no ser amado.

 

5. Ela procura resolver os próprios problemas.
Ela não despeja sobre ele suas preocupações, sobretudo no início do relacionamento. Busca outros recursos, reflete e, se acha conveniente, divide com ele as questões resolvidas. Procura acalmar-se antes de conversar.

Isso vive ocorrendo nas empresas: marcam-se reuniões, reuniões e mais reuniões, todas improdutivas, e não se dá o tempo para os funcionários acharem soluções individuais. Além de aumentar absurdamente o risco de desgaste. Caímos novamente no item 1: independência.

 

6. Ela mantém o controle.
Ela vai devagar, principalmente quando ele tem pressa. Ela se move no próprio ritmo, e não no dele, evitando que ele assuma o controle sobre ela.

Este item é importantíssimo e eu vou comentar em uma próxima postagem.

 

7. Ela não perde o senso de humor.
O senso de humor dá leveza à relação e demonstra seu desprendimento. Entretanto, ela é capaz de tratar com seriedade qualquer questão que ele levante.

Se o romance é um jogo e o sexo, uma brincadeira, por que haveríamos de abandonar o humor?

 

8. Ela se valoriza.
Quando ele a elogia, ela agradece e não tenta convencê-lo de que está enganado. Ela não pergunta sobre a ex-namorada dele e não compete com outras mulheres.

Como diz a canção do Roupa Nova: "Meu universo é você". Se o próprio parceiro lembra você, de forma incisiva, de que há outras opções no mercado, o universo se expande... Inevitavelmente vamos pesquisar opções!

 

9. Ela tem paixão por outras coisas além dele.
Uma mulher com múltiplos interesses é muito mais fascinante do que aquela cujo único foco parece ser o homem. Como ela tem vida própria e independente, ele terá uma parceira com quem trocar experiências. E a mulher poderosa não se sente sozinha e relegada a segundo plano quando ele está ocupado com outras coisas.

De novo a independência. O homem tem essa característica de ser menos gregário, de se vincular menos. E prefere, portanto, alguém que o permite ser mais livre naquilo que não diz respeito ao relacionamento em si.

 

10. Ela trata o próprio corpo com gosto e entusiasmo.
Ela cuida da aparência e da saúde. A auto-estima e o respeito de uma pessoa por si mesma se refletem na aparência física. Ela não deixa de usar batom vermelho porque ele não gosta dessa cor. Também não abre mão de se cuidar só para ficar mais tempo com ele. Mesmo porque um homem que não deseja que a mulher se cuide não merece qualquer atenção. Fuja dele!

A questão é completamente outra. A mulher precisa se cuidar para despertar a concorrência. Para se sentir desejada pelo seu e pelos outros. Isso fortalece a autoestima da mulher e do casal, ativa a relação e o esforço do homem na conquista e na manutenção da relação, aumenta o caráter sensual do relacionamento (algo que requer muita atenção no AmorAmigo). Isto vale também para os homens, é claro! Despertar a concorrência faz a mulher se mexer para manter a relação.

 

Como se vê, há muita coisa repetitiva. É horrível ler um livro que diz 250 vezes a mesma coisa. Mas a mensagem é pertinente: cuide de você, em primeiro lugar e em todos os aspectos, para depois pensar no outro. Porque é mostrando independência que você prova que um relacionamento com você é fácil e agradável. Simples assim.


20
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 01:58link do post | comentar | ver comentários (1)

Ainda sobre o livro de Sherry Argov: as principais dicas foram todas resumidas na introdução, que é achada gratuitamente em sites de livrarias, como aqui.

 

Se você não quiser nem mesmo clicar, tudo bem. Seguem as principais:

 

- "Sucesso no amor não tem nada a ver com aparência, e sim com atitude";

 

- "A mulher poderosa possui algo que as boazinhas não têm: presença de espírito. Ela não se deixa arrastar por fantasias românticas e sabe onde está pisando, o que a torna capaz de tomar as melhores decisões para a própria vida."

 

- "A mulher poderosa se destaca porque pensa com a própria cabeça em um mundo que ainda ensina as mulheres a olhar ao redor para descobrir qual é a opinião dos outros."

 

Em relação à terceira citação, discutimos há alguns dias: o consumismo ao qual nos submetemos nos força a olhar para os outros e perceber o que consomem, para que não nos sintamos deslocados. Não é exclusividade das mulheres.

 

Quanto à segunda, este blog defende isto no seu DNA: não se constrói amor na fantasia e na concessão, mas na intimidade, na cumplicidade, na amizade.

 

Ambas seguem a linha do "se é fácil e banal, não desperta interesse". É a mesmíssima linha do que o Ailton Amélio disse para a Folha de S.Paulo, e já comentamos há mais de um mês: ninguém chega em casa e diz, "oh, tem luz e água encanada!" Só se reclama quando não tem, e só se deseja quando se necessita de um esforço para conseguir.

 

Já sobre a primeira citação, que talvez seja a mais surpreendente, em no máximo uns dez dias vou esmiuçar. Mas, só para adiantar: ela é verdadeira.


19
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 01:30link do post | comentar | ver comentários (1)

Esse é o título de um livro que pode ser encontrado parcialmente aqui e integralmente em muitos sites por aí afora.

 

Uma amiga comprou e eu folheei, isso há uns três meses. Eu peguei a parte do meio do livro e me aborreci um pouco, porque uma das ideias era a de que os homens fazem certas coisas de caso pensado, para "testar" as mulheres.

 

Entre estas certas coisas, estariam deixar de ligar depois de um encontro, para saber o tempo que demora para a mulher tomar a iniciativa, ou deixar a toalha molhada na cama, para ver se a mulher se descontrola, entre outras.

 

Pois bem: generalizar é o pior que se pode fazer. Até porque são atitudes muito distintas, que ocorrem em momentos muito diferentes do relacionamento.

 

No primeiro caso (deixar de ligar), pode haver teste, embora seja mais comum o fato de o homem não querer ligar, simplesmente.

 

No segundo, é muita forçação de barra achar que é intencional. Até porque, se a mulher deixar, o homem pode repetir a atitude por anos a fio. E simplesmente porque não é um teste. Pode ser preguiça, hábito, vício, despreocupação, mas certamente não é algo feito deliberadamente para irritar a mulher. Claro, pode ser teste em alguns casos muito específicos. Mas generalizar é uma grande bobagem.

 

Pois bem, eu acabei desacreditando do livro por conta destas coisas, mas há uns dias achei esse comecinho dele e achei até interessante. Há, sim, algumas dicas pertinentes, embora um pouco repetitivas. Falarei delas amanhã.


18
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:45link do post | comentar

Friends in Love

(Graydon/Foster/Champlin)

 

voz: Dionne Warwick

 

http://letras.terra.com.br/dionne-warwick/656723/

Fonte da tradução

 

Sometimes, lonely nights turn into sunny days.

Às vezes, solitárias noites se transformam em dias ensolarados.


I never thought I'd feel this way, I never knew

Eu nunca pensei que me sentiria assim, eu nunca soube


That you and I were meant to be in love.

Que você e eu fomos feitos para estar no amor.


Oh darling, you've always been around to see me through.

Oh querido, você sempre esteve por perto para me ver.


How was I to know you make my dreams come true?

Como eu ia saber que você faz meus sonhos vir verdadeiro?


Time and time again we fall, always on our own.

E outra vez nós caímos, sempre na nossa cabeça.

 


But now we're friends in love.

Mas agora nós somos amigos no amor.


Hoping that we always will be friends in love.

Esperando que sempre seremos amigos no amor.


Strong when we're together.

Fortes quando estamos juntos.


Darling now we've got forever and a day.

Darling agora temos para sempre e um dia.


Don't you go away.

Não vá embora.

 

 

Remember, every time I cried you came to me.

Lembre-se, cada vez que eu chorei você veio até mim.


Oh much to my surprise I found someone who could see,

Oh muito para minha surpresa, encontrei alguém que poderia ver,


Through the nights of loneliness.

Através das noites de solidão.


You were always there for me.

Você estava sempre lá para mim.

 

 

We're friends in love.

Nós somos amigos no amor.


Hoping that we always will be friends in love.

Esperando que sempre seremos amigos no amor.


Strong when we're together.

Fortes quando estamos juntos.


Darling now we've got forever and a day.

Darling agora temos para sempre e um dia.


Don't you go away.

Não vá embora.

 


You turn around, looked my way,

Você gira em torno, olhou para o meu caminho,


I can't say that it hasn't crossed my mind.

Eu não posso dizer que não passou pela minha mente.


I'd loved you all along.

Eu te amei o tempo todo.


And now we're leaving yesterday behind.

E agora nós estamos deixando para trás ontem.


We'll never be alone.

Nós nunca estaremos sozinhos.

 

 

Friends in love.

Amigos no amor.


Hoping that we always will be friends in love.

Esperando que sempre seremos amigos no amor.


Strong when we're together.

Fortes quando estamos juntos.


Darling now we've got forever and a day.

Darling agora temos para sempre e um dia.


Don't you go away.

Não vá embora.


You and I are friends in love.

Você e eu somos amigos no amor.


Hoping that we always will be friends in love.

Esperando que sempre seremos amigos no amor.


Strong when we're together.

Fortes quando estamos juntos.


Darling now we've got forever and a day.

Darling agora temos para sempre e um dia.


Don't you go away.

Não vá embora.


17
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:40link do post | comentar

Encerrei o post de ontem falando sobre as pessoas que fingem ser o que não são.

 

Sim, a maioria das pessoas que age assim deixa transparecer claramente que está interpretando um personagem. Podem posar de homens fiéis, de mulheres independentes, de funcionários prestativos, de vizinhos preocupados, de políticos honestos... em prol de um interesse.

 

Perceber a hipocrisia alheia não é difícil... basta praticar.

 

Fica bem mais fácil quando lembramos que também somos hipócritas às vezes... e nos atentarmos para o nosso próprio fingimento.


16
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:21link do post | comentar

Sigo na busca de camisas estampadas...

 

O mais curioso: elas têm sido recomendadas por especialistas em moda masculina, como o Ricardo Oliveros, no seu Hora H. Mas nem os fabricantes das camisas recomendadas mantiveram a produção neste verão.

 

Vejo algumas pessoas usando essas camisas. Em geral, são:

 

- Estrangeiros;

 

- Negros brasileiros com camisas de verões passados;

 

- Negros de forte raiz africana, com roupas características;

 

- Atores na TV - o que mostra, mais uma vez, a aprovação do estilo pelos figurinistas.

 

Há pelo menos três lojas em São Paulo especializadas em artigos de vestuário e ornamento africano. Cobrando 180 reais por uma camisa estampada simples.

 

É o preço de um produto exclusivo, que te dá um estilo pessoal... Mas 180 reais?

 

Enquanto isso, na mesmice dos shoppings, tome camisas polo com brasões de mentirinha... para quem quer fingir ser o que não é.

 

E nem de longe parece... Continuo amanhã!


15
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:09link do post | comentar

Muitas pessoas gostam de pertencer a "tribos" ou grupos. Para atender a estas pessoas, comerciantes passam a atuar no ramo de interesse destas "tribos".

 

Se você usa roupas de um certo tipo, assim como um grupo, terá tais roupas à disposição no comércio. Se usa o cabelo de um certo jeito, haverá produtos para ele. Se consome produtos culturais, haverá quem os disponibilize.

 

Só que há outras que não gostam de pertencer a tribos. Gostam de manter a independência. Aliás, gostam, justamente, de ser diferentes do padrão.

 

Eu me considero pertencente a este grupo. Gosto de questionar, não gosto de seguir a manada.

 

O maior problema de querer estar à margem da moda é não conseguir produtos que atendam ao seu gosto pessoal.

 

Eis que já faz mais de um mês que estou à procura de camisas estampadas, e não encontro!

 

Se vou na loja de moda masculina, tenho camisas formais, lisas, listradas ou xadrezes, mas não estampadas. Camisas polo, aos montes, podem ser lisas ou as já repetitivas listradas com brasões e números. E só! E camisetas, lisas ou estampadas, mas raramente listradas ou xadrezes.

 

Todo o tecido estampado foi deslocado para a produção de bermudas e shorts. Não há uma camisa estampada sequer, embora haja tecidos e estampas perfeitos para camisas... nas bermudas!

 

Todas as lojas iguais. Iguais, lamentavelmente iguais, tristemente iguais, aborrecidamente iguais...

 

Ainda bem que as pessoas não são assim!


14
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:01link do post | comentar

Uma reportagem sobre automóveis que saiu n'O Estado de S.Paulo de 11 de janeiro traz uma citação interessante.

 

Para o presidente da Ford para a região das Américas, Mark Fields, "o gosto do consumidor está convergindo no mundo todo", o que facilitaria o desenvolvimento de produtos globais.

 

Será que as pessoas estão ficando iguais? Ou são as indústrias que empurram uma moda goela do consumidor abaixo?

 

Não há dúvidas de que a opção é a segunda, embora o infeliz do presidente da Ford tente nos fazer crer que a sua política de redução da variedade (e dos custos, portanto) seja para atender aos nossos interesses!

 

E no amor? É bom ficar atento aos "conselheiros amorosos" que põem todos os homens, ou todas as mulheres, como pertencentes a um mesmo perfil.

 

Não há nada mais falso! E poucas coisas tão preconceituosas...


13
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 00:47link do post | comentar

Saiu no Clarín de 2 de janeiro: metade dos habitantes de Buenos Aires estão solteiros, segundo pesquisa anual por amostragem de domicílios.

 

Razões? Priorização da vida profissional, independência feminina, sonho com o amor perfeito (que dificulta o estabelecimento de um amor real) além de "pocos deseos de pagar caro lo que queda disponible en el mercado del usado" (esta última eu preferi citar a traduzir, de tão vulgar que é a passagem).

 

Quer ler o original? É só clicar aqui.


12
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 04:40link do post | comentar

Na linha do post de ontem, trago um texto de Patricia Gebrim, que destaca: "Ninguém muda ninguém!"

 

Segue um trechinho nuclear do texto, cuja íntegra está aqui:

 

Um dos maiores problemas que vejo nos relacionamentos atualmente está no fato de que as pessoas ficam tão desesperadas para encontrar um parceiro que basta alguém as escolher para que se sintam imediatamente gratas por serem salvas desse horrendo destino: solidão. Com isso, nunca escolhem. Basta que sejam escolhidas. Se um sapo as escolhe, vira príncipe na hora!

 

E se forem escolhidas por alguém que tenha valores muito diferentes dos seus, por exemplo, as pessoas resolvem essa “pequena dificuldade” negando essas diferenças e dizendo a si mesmas que com o tempo isso irá mudar e, magicamente, os dois se tornarão parecidos, quase iguais.

 

BESTEIRA!

 

Pois é... Nessa selva, eu vou de AmorAmigo, em que a gente entende o outro, no lugar de tentar mudar.


11
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 02:37link do post | comentar

Você gosta de assistir a filmes românticos? Sim? Legal! Eu também gosto. Um dos meus preferidos é "Melhor é Impossível", que inclusive deu o Oscar aos dois protagonistas, Helen Hunt e Jack Nicholson.

 

O único problema desses filmes é a gente achar que o que acontece ali é a regra: o ranzinza que fica amável, o egoísta que se converte em solidário, o manipulador que se deixa levar, o corrupto que passa a agir na lei... porque encontrou um amor!

 

Fosse essa a regra, tais filmes não existiriam: o sucesso dos filmes mora, em geral, no retrato da exceção, daquilo que beira o inverossímil, e não da regra, do banal, do vulgar.

 

Prepare a poltrona, a pipoca e divirta-se, mas não tente tirar lição dos filmes, certo? O coração agradece!


10
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 07:33link do post | comentar

Se Você Pensa
Roberto Carlos
Composição: Roberto Carlos / Erasmo Carlos


http://letras.terra.com.br/roberto-carlos/48677/


Se você pensa que vai
Fazer de mim
O que faz com todo mundo
Que te ama
Acho bom saber
Que prá ficar comigo
Vai ter que mudar...


Daqui prá frente
Tudo vai ser diferente
Você tem que aprender
A ser gente
Seu orgulho não vale
Nada! Nada!...


Você tem a vida inteira
Prá viver
E saber o que é bom
E o que é ruim
É melhor pensar depressa
E escolher antes do fim...


Você não sabe
E nunca procurou saber
Que quando a gente ama
Prá valer
Bom é ser feliz e mais
Nada! Nada!...


Se você pensa que vai
Fazer de mim
O que faz com todo mundo
Que te ama
Acho bom saber
Que prá ficar comigo
Vai ter que mudar...


Daqui prá frente
Tudo vai ser diferente
Você tem que aprender
A ser gente
Seu orgulho não vale
Nada! Nada!...


Você não sabe
E nunca procurou saber
Que quando a gente ama
Prá valer
Bom é ser feliz e mais
Nada! Nada!...


Daqui prá frente
Tudo vai ser diferente
Você tem que aprender
A ser gente
Seu orgulho não vale
Nada! Nada!...


Você não sabe
E nunca procurou saber
Que quando a gente ama
Prá valer
Bom é ser feliz e mais
Nada! Nada!...


09
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 03:12link do post | comentar

Ainda sobre aquela postagem de 17 de dezembro: saiu no dia anterior uma nota se referindo a um estudo científico que mostra: casais que bebem juntos favorecem a união. Os que bebem separados a prejudicam.

 

Exatamente como eu dizia e defendia empiricamente, a ciência prova!

 

Quer ver? Clique aqui!


08
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 09:23link do post | comentar

A paixão é quase sem limites... colocar-lhe limites é fundamental para um relacionamento maduro e saudável.


É o que diz artigo da psicóloga Sandra Samaritano. Para ler, clique aqui.


Impedir-se de fazer algo do que se arrependerá depois, justamente por conta do excesso de idealização e falta de conhecimento real do parceiro, é, a meu ver, o grande limite e o grande desafio a se colocar à paixão.


Não digo que é fácil, e não é fácil mesmo para o AmorAmigo, mas que facilita o crescimento desse AmorAmigo, ah, isso facilita.


07
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 09:18link do post | comentar

Preciso Dizer Que Te Amo
Leo Jaime
Composição: Cazuza


http://letras.terra.com.br/leo-jaime/91386/


Quando a gente conversa
Contando casos, besteiras
Tanta coisa em comum
Deixando escapar segredos
E eu não sei em que hora dizer
Me dá um medo
Eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que te amo


E até o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar ao teu lado
Você me chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
Nessa novela eu não quero ser
O teu amigo
É que eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que te amo
Tanto


E até o tempo passa arrastado
Só pra eu ficar ao teu lado
Você me chora dores de outro amor
Se abre e acaba comigo
Nessa novela eu não quero ser
O teu amigo
(Que amigo)
Eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que te amo
Tanto,
Tanto


Eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder
Eu preciso dizer...
Sem engano
É que eu preciso dizer que te amo
Te ganhar ou perder sem engano
Eu preciso dizer que te amo
Tanto,
Tanto,
Tanto.

Tanto.

 

(Eu prefiro esta versão de Leo Jaime à de Cazuza, e você?)


06
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 09:29link do post | comentar

Debater namoro antes do vestibular diminui desempenho de estudante. É o que diz o psicoterapeuta Leo Fraiman. Para ver, clique aqui.

 

É, como as discussões geralmente são negativas, a atenção fica comprometida posteriormente...

 

Mas as discussões que chegam a bom termo, será que não são positivas?


05
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 02:06link do post | comentar

Relendo a postagem de 17 de dezembro fiquei com a impressão de que alguns podem considerar seu tom muito agressivo.


Desculpe-me, você que também achou isto. Mas estou com uma amiga em uma situação ruim, de baixa autoestima, naquela fase de achar que nenhum homem presta, e eu busquei ser mais ácido e firme nas minhas posições, até para contrapor o que saiu no tal blog "Homem é Tudo Palhaço", que também é uma ofensa generalizadora agressiva.


Pois, para esta amiga, que parece estar mudando de rumo para melhor - ou melhor, para o objetivo que nunca deveria ter saído de foco -, eu mando um artigo interessante que saiu no UOL há umas semanas. Seguem trechos, enquanto o atalho para o artigo completo está aqui.


Casar tende a reduzir o comportamento agressivo nos homens, indicou um estudo de pesquisadores da Michigan State University, nos Estados Unidos.


Por um lado, são os homens menos problemáticos que tendem a casar mais cedo, observou a pesquisa; por outro, quando casados, o seu nível de comportamento agressivo diminui ainda mais.


"Nossos resultados indicam que a redução da taxa de comportamento antissocial em homens casados é mais complicada que pensávamos", disse a coordenadora do estudo, S. Alexandra Burt, professora associada de psicologia e geneticista comportamental da universidade.


"O casamento em geral é positivo para os homens, pelo menos em termos de reduzir o comportamento antissocial. Mas os dados também indicam que a definição de quem se compromete com o casamento não é aleatória."


Em um artigo publicado na revista especializada Archives of General Psychiatry, os pesquisadores afirmam que homens com níveis mais baixos de comportamento antissocial aos 17 e 20 anos têm mais probabilidade de estarem casados à idade de 29 anos.


Em suma: os melhores homens buscam casamento muito mais que os piores. E aqueles, quando casam, ficam ainda melhores!


04
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 08:02link do post | comentar

E não é que tem sempre o "contra"? A última foi "ah, você fala do AmorAmigo porque é feio"!

 

Não sei se sou, mas acho que sou, sim.

 

Só que isso não importa tanto para os homens quanto para as mulheres.

 

Basta dizer que, apesar de não procurar ou exigir isso, sempre estive com mulheres belíssimas, de rosto e/ou de corpo.

 

O melhor foi perceber que o interior também era belo, e o AmorAmigo cresceu e floresceu na forma de amor romântico.

 

Veja a reportagem da revista TPM, de outubro de 2009, que fala justamente da feiura masculina e sua aceitação contra a feminina e sua rejeição.

 

Eu acho absurdo. Mas é fato.

 

P.S.: Segundo meu avô, contemporâneo da Hebe, "ela nunca foi bonita, nem quando jovem". Pelos padrões estéticos que vigoram por aí, é fato, ele está certo. É falha da reportagem, porque diamantes não embelezam ninguém. Ou eu estou errado?


03
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 07:59link do post | comentar

Amado
Vanessa da Mata
Composição: Vanessa da Mata

 

http://letras.terra.com.br/vanessa-da-mata/1002081/

 

Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar
Pôr-do-sol, postal, mais ninguém


Peço tanto a Deus
Para lhe esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus


Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais


É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer


Sinto absoluto o dom de existir,
Não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina


É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você
Quero dançar com você
Dançar com você


02
Jan 11
publicado por AmorAmigo, às 02:04link do post | comentar

Gisela Rao, blogueira do "Vigilantes da Autoestima", também contribui com artigos originais para o UOL Estilo/Comportamento.

 

Há cerca de um mês, ela tratou da crise dos 30 anos, em que as mulheres (em especial, mas não somente) sentem uma espécie de frustração por não terem feito "nada" na vida.

 

Uma espécie de "síndrome do Comer, Rezar, Amar", que eu vi acometer uma colega... que, curiosamente, acabara de ver o filme! (tem uns posts, aqui no blog, sobre o filme). Segue trecho:

 

“Essa sensação de frustração que muitas pessoas sentem, principalmente entre os 30 e 40 anos, tem a ver com os objetivos traçados e não realizados e com o sentido encontrado – ou não - para a vida. Quando somos crianças temos tantos sonhos, mas conforme vamos crescendo nem todo mundo consegue conquistá-los. Aliás, muita gente nem sabe quais são eles. E a vida é como se fosse um barco à vela: não tem vento favorável para quem não sabe aonde ir. Essa sensação de vazio tende a aumentar com a idade porque vai ficando mais difícil largar tudo para ir atrás do que se realmente quer”, explica Cecília Zylberstajn, psicóloga e psicodramatista.

Estudar no exterior, fazer aquela viagem tão sonhada, comprar uma casa, construir uma família, realizar-se profissionalmente. A frustração pode acontecer em vários setores: financeiro, profissional e sentimental – principalmente para as mulheres que ainda colocam o foco da sua realização no amor. “Mas é muito importante que a pessoa perceba que as escolhas são de responsabilidade dela. Foi ela quem decidiu suas prioridades”, afirma a psicóloga.

 

Quando a gente sabe o objetivo, não há crise. No campo sentimental, o AmorAmigo é o mais seguro e o que satisfaz mais...


mais sobre mim
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO