Um blog de recortes e de textos sobre a forma mais sensível de amar, o amor que nasce da amizade, além de outros textos sobre amor, amizade e relacionamentos entre amigos.
28
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 04:57link do post | comentar

Um livro interessante sobre a nossa sociedade contemporânea foi publicado há mais de 60 anos, e se mostra extremamente atual. Seu título: A multidão solitária. Autor: o sociólogo estadunidense David Riesman.

 

Riesman fala das formas como diferentes tipos de caráter social são constituídos nas diversas relações sociais humanas, como no trabalho, na escola ou no amor, e de uma alteração do caráter predominante na nossa sociedade entre o pré-guerra e o pós-guerra (trata-se da Segunda Guerra Mundial, lá para a década de 1940).

 

Quando Riesman fala de caráter social, o que se deve entender é a concepção que o indivíduo tem de si, do mundo e dos outros; concepção que se constrói na interação social e nas práticas do indivíduo.

 

Falaremos mais sobre isto amanhã.


27
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 01:52link do post | comentar

Sim, houve uma eleição! Segue excerto.

 

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/873869-frase-de-o-morro-dos-ventos-uivantes-e-a-mais-romantica-da-literatura.shtml

 

Uma pesquisa conduzida com 2.000 adultos, encomendada pela Warner Home Video para acompanhar o lançamento em DVD da comédia romântica "Com o Pé na Estrada", mostrou que 20 por cento dos entrevistados escolheram a frase "seja do que for que nossas almas são feitas, a dele e a minha são iguais".

 

A declaração feita pela personagem Catherine Earnshaw sobre o amor que sentia por Heathcliff ficou à frente na pesquisa de uma frase de Winnie Puff, o ursinho criado pelo escritor inglês A.A. Milne: "Se você viver até os 100 anos, espero viver até ter 100 anos menos um dia, para que eu nunca precise viver sem você".

 

Lindas, não? Sonhar um amor tão amigo é delicioso!


26
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 02:45link do post | comentar

Ok, não acompanho Big Brother. Mas uma coisa a gente precisa reconhecer: as declarações que os participantes fazem podem ensinar algo. Por exemplo, esta:

 

http://televisao.uol.com.br/bbb/bbb11/ultimas-noticias/2011/02/09/sem-perfil-de-big-brother-cristiano-conta-que-nao-passou-pro-processo-seletivo.htm

 

Cristiano não nega que Jaqueline chamou sua atenção. "Ela é linda. Tem um corpo perfeito. Mas uma coisa é você ficar com alguém uma noite. No dia seguinte, você pode ligar ou não. No BBB, eu ia ter que conviver com ela todos os dias", analisa.

 

Traduzindo: eu levo para a cama. Se gostar, repito a dose. Mas compromisso... não é para mim!

 

E ainda tem gente que vai para a balada achando que lá vai conseguir um amor de verdade...


25
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 05:24link do post | comentar

Para quem não sabe (ok, eu também não sabia), trata-se da tradicional música-tema de fim de ano da Rede Brasil Sul (RBS), retransmissora da TV Globo no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Assisti à entrada no dia 24 de dezembro passado em Porto Alegre, mas só no começo de fevereiro vim a descobrir que é música padrão da RBS.

 

A propósito, neste fim de 2010 passado, as entradas trouxeram a música na interpretação de Maria Rita.

 

http://www.youtube.com/watch?v=2I_6ey-AvF8

http://www.youtube.com/watch?v=eOxidVVzO0g

 

Vida
Composição: Calique Ludwig e Ricardo Garay


Vida é chuva, é sol
Uma fila, um olá
Um retrato, um farol
Que será que será


Vida é um filho que cresce
Uma estrada, um caminho
É um pouco de tudo
É um beijo, um carinho


É um sino tocando, uma Fêmea no cio
É alguém se chegando
É o que ninguém viu
É discurso, é promessa
É um mar, é um rio


Vida é a revolução, é deixar como está
É uma velha canção, Deus nos deu, Deus dará
Vida é a solidão, é a turma do bar
É partir sem razão, é voltar por voltar


Vida é palco é platéia, é cadeira vazia
É rotina, odisséia, é sair de uma fria
É um sonho tão bom, é a briga no altar


Vida!!! É um grito de gol
É um banho de mar
É inverno e verão
Vida!!! É mentira, é verdade
E quem sabe a vida é da vida razão.


24
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 00:14link do post | comentar

Ok, agora a reportagem é do UOL!

 

http://estilo.uol.com.br/comportamento/ultimas-noticias/2011/02/02/amor-a-tres-revela-mudanca-nos-relacionamentos.htm

 

Por favor, não venha me dizer que não sabia que isso acontecia antes, pois sempre aconteceu! Leia o excerto:

 

Na opinião do psicólogo Ailton Amélio da Silva, professor do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP) e autor do livro “Relacionamento Amoroso” (Publifolha), estão acontecendo alterações brutais nas relações. “Nos atendimentos, tenho assistido a uma mulher com dois homens e homens propondo a poligamia abertamente”, conta. Por isso ele acredita nos relacionamentos personalizados. “Antes havia apenas o casamento padrão, mas apenas um modelo não cabe mais na nossa sociedade. É preciso haver flexibilidade, compor um menu de acordo com as necessidades atuais de cada um: idade, estado civil, fase da vida, tipos de amor”, explica.

 

Apesar de na sociedade ocidental o ideal de relacionamento ser a monogamia, o ser humano é poligâmico por natureza, segundo o Amélio. Ele cita o Atlas Murdock, em que são localizadas no mapa-múndi as várias formas de “casamento” nas culturas: poligamia, monogamia, casamentos arranjados, iniciação sexual pela mãe etc. Foram listadas cerca de 1200 sociedades, das quais 800 privilegiam a poligamia.

 

“A monogamia é minoria no mundo, embora na prática haja muita traição neste tipo de relacionamento”, diz ele. Estima-se que nas sociedades monogâmicas 10% dos filhos não são do pai presumido. Por isso essas culturas adotam medidas para coibir a traição, que vão de religiões a leis. “Além disso, existem os mecanismos sociais sutis para impor uma postura, como isolar o indivíduo, não convidar para festas, fazer retaliações etc.”, diz o psicólogo.

 

A única diferença é que, agora, se as coisas são abertas, têm menos preconceito. "Gente, tenho dois namorados!". Ok, não tem traição. Tem opção. Ótimo!

 

O que vale é amar de verdade, ser feliz e fazer o(s) Amor(es)Amigo(s) feliz(es)!


23
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 01:01link do post | comentar

Uma última reportagem da Folha de S.Paulo e Folha.com da sequência:

 

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/778593-mais-de-70-das-mulheres-nunca-atingiram-o-orgasmo-com-seus-parceiros.shtml

 

Ok, a informação numérica é relevante e explica a constatação de uma amiga entre suas amigas, de que um vibrador (ao qual elas nunca tinham sido apresentadas) tem oferecido muito mais experiências do que seus homens.

 

Mas eu chamo a atenção para um excerto da reportagem:

 

O sexo tende a melhorar com o tempo em um relacionamento (apesar de outros fatores, como brigas, tédio ou desejo por outras pessoas, fazendo força no sentido oposto). "Por isso, é importante que as mulheres mostrem aos homens do que gostam, nem que seja direcionando-os para suas partes favoritas do corpo. Mas muitas mulheres não fazem isso porque têm medo de ofender seus parceiros. E, de fato, muitos podem reagir mal." (David Buss, psicólogo da Universidade do Texas)

 

Se um homem reage mal quando a mulher mostra como ela quer... ele está realmente preocupado com você? É, realmente, um homem de valor?

 

Resposta: não, sem exceção. Isto se chama egoísmo. O homem de verdade, o AmorAmigo, tem prazer em dar prazer à parceira.


22
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 01:21link do post | comentar

Vamos para mais uma reportagem Folha de S.Paulo e Folha.com:

 

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/740371-pesquisadores-estudam-a-ciencia-da-fidelidade.shtml

 

Segue excerto:

 

Pode não ser o sentimento de amor ou lealdade que mantém os casais unidos. Em vez disso, cientistas especulam que seu nível de comprometimento pode depender do quanto um parceiro melhora sua vida e amplia seus horizontes - um conceito que Arthur Aron, psicólogo e pesquisador de relacionamentos da Stony Brook University, chama de "auto-expansão".

 

Para avaliar esta qualidade, foi feita uma série de perguntas a casais: Em que grau seu parceiro oferece uma fonte de experiências empolgantes? Em que grau conhecer seu parceiro tornou você uma pessoa melhor? Em que grau você enxerga seu parceiro como uma forma de expandir suas próprias capacidades?

 

Já li em outras fontes sobre essa teoria, e o Ailton Amélio, professor da USP, sempre cita o Arthur Aron como referência no tema. E pensando no passado eu percebi que, pelo menos comigo, a coisa é assim mesmo. Quanto mais minha parceira me deixa feliz, me traz experiências agradáveis, maior é o meu grau de comprometimento com a manutenção do relacionamento.

 

E você?


21
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 04:27link do post | comentar

Lua e Flor
Oswaldo Montenegro

 

http://letras.terra.com.br/oswaldo-montenegro/73964/

Eu amava
Como amava algum cantor
De qualquer clichê
De cabaré, de lua e flor...

 

E sonhava como a feia
Na vitrine
Como carta
Que se assina em vão...

 

Eu amava
Como amava um sonhador
Sem saber porquê
E amava ter no coração
A certeza ventilada de poesia
De que o dia, amanhece não...

 

Eu amava
Como amava um pescador
Que se encanta mais
Com a rede que com o mar
Eu amava, como jamais poderia
Se soubesse como te encontrar...

 

Eu amava
Como amava algum cantor
De qualquer clichê
De cabaré, de lua e flor...

 

Eu sonhava como a feia
Na vitrine
Como carta
Que se assina em vão...

 

Eu amava
Como amava um pescador
Que se encanta mais
Com a rede que com o mar
Eu amava como jamais poderia
Se soubesse como te encontrar...


20
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 04:11link do post | comentar

Homens são mais atraídos por mulheres de vermelho...

 

... e mulheres são mais atraídas por homens de vermelho! É o que diz a Folha de S.Paulo e Folha.com:

 

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/776515-homens-vestidos-de-vermelho-sao-mais-atraentes-diz-pesquisa.shtml

 

O erro da reportagem é dizer que as mulheres não se dão conta do efeito... falso! Conheço pelo menos duas, muito próximas, que se encantam quando eu estou de vermelho, e todos temos plena consciência disso!

 

 


19
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:39link do post | comentar

Deu na Folha de S.Paulo e Folha.com:

 

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/785884-golfinho-faz-sexo-gay-para-manter-amigo-veja-ranking-animal.shtml

 

Não é brincadeira, e também não estou postando a informação para fazer rir. Muito pelo contrário. Inclusive, esqueça a questão gay. Vamos generalizar.

 

É para a gente refletir sobre o paradoxo: quantas amizades humanas não perdem o viço depois que os dois amigos fizeram sexo por uma noite?

 

Quantas amizades ficaram "estranhas" depois que um dos amigos se declarou para o outro, sendo que o desejado pelo declarante, obviamente, era aprofundar a amizade?

 

Neste último caso, já estive nos dois lados da situação. Rompendo amizade e vendo a amizade rompida. E sei que não há muito o que fazer, a não ser dar um tempo para realinhar a relação. Só depende de disposição.

 

Perder um amigo por excesso de querer bem é que não dá. Só precisa tirar o excesso, nada mais!

 

p.s.: agora é para rir: por que a pesquisadora precisou dizer, na última linha do artigo, "eu não deixei!" ? Isso podia passar pela nossa cabeça?


18
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:26link do post | comentar

O psicanalista Flávio Gikovate comenta a "decepção" do telespectador com o segredo de Gerson, personagem de Marcello Antony na novela "Passione", da TV Globo, de autoria de Silvio de Abreu.

 

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/838500-as-pessoas-esperavam-um-disco-voador-diz-psiquiatra-de-gerson-em-passione.shtml

 

Disse o especialista, que contracenou com o ator global fazendo o papel de si próprio:

 

"Da forma como foi construída, a trama de Gerson é de utilidade pública, porque muita gente passa por isso. O compromisso do sexo com a vulgaridade se torna tão grande que surge a dificuldade de ter uma vida sexual em um clima de romantismo".

 

Por ser um problema comum (infelizmente), o telespectador se sentiu lesado na espetacularização do verossímil, do banal.

 

Mas preciso concordar com Gikovate no aspecto pedagógico. Se o sujeito tem este tipo de comportamento e deseja mudar, é excelente mostrar em rede nacional e horário nobre que há caminhos para essa mudança.


17
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:24link do post | comentar

A atriz Deborah Secco, depois de tantos relacionamentos fracassados, está mais ou menos estável com o jogador Roger.

 

http://celebridades.uol.com.br/ultnot/2011/01/18/confio-no-roger-de-olhos-fechados-afirma-deborah-secco-em-entrevista-a-revista.jhtm

 

Veja o que ela diz:

 

"Hoje, para mim, o relacionamento tem um peso maior. Dou valor ao companheirismo e à amizade. Os relacionamentos que tive antes não tinham comprometimento."

 

É o AmorAmigo...


16
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 00:56link do post | comentar

Vou levando a vida
Daniel
Composição: Peninha

 

http://letras.terra.com.br/daniel/45396/

 

Eu gosto de andar sozinho
Eu creio em disco voador
Sou eu quem faz o meu destino ô ô
Não gosto muito de política
Tô procurando um grande amor
Sou um sujeito meio tímido
Quem fala pouco saca tudo, baby
Saber ouvir é mais saber
Sou aprendiz desses mistérios do viver
Eu vou levando a vida, a vida me levando


15
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 06:38link do post | comentar

Está no Yahoo!Answers, serviço em que o usuário lança perguntas que são respondidas pelos próprios usuários.

 

Ítalo pergunta:

Vocês acham que as mulheres fogem dos Nerds?
Sou Nerd, sou desajeitado, sou tímido, sou viciado em PC e consoles, sou desprezado por todos em minha instituição de ensino, nunca beijei uma menina, sou feio e tenho apenas um amigo então gostaria de saber a visão de vocês sobre minha pergunta e se os fatores listados anteriormente influem no meu fracasso com as mulheres. Agradeço por qualquer resposta, Grato.
 
Angélica responde, hipocritamente (talvez até conheça o Ítalo e não sabe, porque não chega perto dele):
Mais que baixo astral meu amigo, nao te respondo pela maioria mais respondo por mim
prefiro um homen feio e inteligente, do q um bonito burro
beleza um dia acaba, inteligencia morre com a gente!!!!!!!!
espero ter ajudado e q vc goste da resposta
 
Veritás lembra que existem mulheres nerds, e que um dia há de acontecer o encontro dessas almas gêmeas (embora ache que a atração é financeira):
Só se elas tiverem metalidade amebelítica... Não se importe... estude cresça profissionalmente e no momento certo encontrará a mulher certa para você. tenho dois amigos nerds... se conheceram e se casaram e vivem muito bem... e ganham muito bem... vá em frente. e boa sorte.
 
Portaldoforrozeiro, esquecido, colocando as mulheres em duas categorias extremas, como a maioria faz preconceituosamente (é do ser humano, não tem jeito):
kra, me chamam de nerd pq sou assim como vc fico no pc altas horas, consoles, faculdade, nunca fui pra uma festa com "amigos" mas uma mulher nunca me rejeitou, praticamente so tenho amigas mulheres,
mas tipo tem dois tipos de mulheres basicamente
a tipo p*ut!nha e a mais comportada
as putinhas eu nem olho pq so quer caras que tem grana e sejam os mais populares
eu sempre fiquei com as mais comportadas, que pelo contrario das putinhas eu sei que antes de mim não teve outro macho que acabou de beijar a boca dela, e em geral sao as mais legais de se falar e mais inteligentes
 
Minha resposta seria a seguinte:
Amigo, você já sabe quais são os problemas. Das duas, uma. Você pode mudar (cortar os vícios, caprichar no visual, tomar mais iniciativas) ou reduzir a sua expectativa para uma mulher que te aceite como você é. E digo: sim, as mulheres, assim como os homens, fogem de tudo aquilo que não lhes parece atraente. E isso em todos os aspectos: postura, beleza, habilidades interpessoais, sucesso profissional... Isto é ser humano, para o bem ou para o mal!

14
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 02:11link do post | comentar

Esse é o título de uma reportagem do The New York Times traduzida pelo UOL.

 

http://wap.noticias.uol.com.br/midiaglobal/nytimes/2011/01/10/sinais-quimicos-nas-lagrimas-femininas-diminuem-excitacao-sexual.htm

 

Seguem excertos do texto:

 

A descoberta de um sinal químico nas lágrimas sugere “um novo papel funcional para o choro”, diz Martha K. McClintock, professora de psicologia na Universidade de Chicago que é conhecida por seu trabalho sobre os feromônios e o comportamento. “Isso de fato amplia as possibilidades de origem dos sinais.”

 

William H. Frey II, bioquímico que provou que a composição química das lágrimas emocionais é diferente da das lágrimas de reflexo, por exemplo ao cortar cebola, diz que ele “estava morrendo de curiosidade de ver alguém fazer algum trabalho sobre a química do choro emocional”.

 

Pois é! Como o ser humano é rico em sinais! E ainda tem gente que quer classificar a humanidade em duas categorias (homens são assim, mulheres são assado) ou em 12 (como os crentes na astrologia)...

 

Se o ser humano fosse simples assim, seria muito chato!


13
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 01:26link do post | comentar

Segue a resenha.

 

http://www.comciencia.br/comciencia/?section=8&tipo=resenha&edicao=62

 

E aqui, os excertos mais interessantes:

 

[O filme] aborda o drama de uma família desestruturada, comandada por uma mãe solteira, agitada e “neurótica”, que vive entre a realidade medíocre que a cerca e o desejo de viver o chamado “sonho americano”, sempre almejando mudar de vida, ter uma casa com jardim, montar seu próprio negócio e ter uma televisão que pegue o canal seis.

 

Beatrice vive com suas duas filhas Ruth e Matilda. E, enquanto Matilda é o estereótipo de uma criança tímida, calada e considerada nerd, que tem a ciência como seu maior foco de interesse, Ruth é uma típica adolescente fútil norte-americana interessada em garotos e em ser uma cheerleader, desempenhando o mesmo papel que foi de sua mãe, no passado, como sugere o desenrolar da trama. Ao contrário do que ocorre nas famílias convencionais, Matilda é tida como o problema e Ruth como um modelo.

 

Trata-se de uma história que afirma fortemente a autenticidade como valor moral. Apesar da solidão, da tristeza que vivia e de toda sua angústia, Matilda era a única personagem verdadeiramente autêntica no enredo, não se importando com as risadas dos colegas ou com o menosprezo de seus familiares, o que a fazia ser menos vazia e ter um propósito legítimo na vida.

 

Acho que não existem tantas "famílias convencionais" assim, de forma que uma "família convencional", hoje, já não merece o título de convencional. Não há, mais, convenções em relação a famílias.

 

A lição do filme é motivadora para buscar assisti-lo: a autenticidade como valor moral. Uma lição extremamente pertinente nos dias de hoje.


12
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 01:21link do post | comentar

Está aqui o texto comentado.

 

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2010/12/16/goleiro-comete-suicidio-depois-da-traicao-de-sua-noiva-com-irmao-de-john-terry.jhtm

 

Seguem excertos:

 

O jogador (Roberts) [...] cometeu suicídio por enforcamento. A razão [...] seria a traição de sua noiva com o irmão do jogador John Terry.

 

No final do verão inglês, a namorada de Roberts, Lindsey Cowan, havia deixado a casa do goleiro temporariamente. Na última terça-feira, quando tentou voltar para casa, encontrou as portas trancadas e chamou a polícia, que achou Dale Roberts enforcado. Segundo amigos do casal, apesar da traição, a noiva estava disposta a reatar o relacionamento.

 

Hahaha! "Apesar da traição, a noiva estava disposta a reatar o relacionamento"!

 

Agora é a pessoa que trai quem decide se reata ou não, não é mais o traído que perdoa ou não! Ah, esse mundo...


11
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:02link do post | comentar

Desculpem-me por não disponibilizar a tradução. Mas é que elas estão de péssimas a risíveis. Coisas que não combinam com esta beleza de letra.

 

Forever By Your Side
Manhattans
Composição: M. Blatte / L. Gottleb

 

http://letras.terra.com.br/manhattans/65843/

 

Friends, we started out as friends
Friends turned into lovers
Do you remember when

 

I held you
For the very first time
Love me it is so easy girl
For me to speak my mind

 

I've said:
I want you
I need you
Oh girl how I believe in you
You're the light that has always seen me through
In you I could find
That I will be
Forever by your side

 

Now we see our love has grown
And these have been the sweetest times
That I have ever known
And I know that it will never end,
'Cause every time I look at you,
I fall in love again

 

I want you (want you)
I need you (need you)
Oh girl how I believe in you (you’re the light)
You're the light (that shines)
That has always seen me through
In you I could find
That I will be
Forever by your side

 

Longer than the sun will shine,
Love is a tie that binds, forever, forever
Two hearts are meant to be one love eternally
Together (together), forever, forever

 

I want you
I need you
Oh girl how I believe in you
You're the light that has always seen me through
In you I could find
That I will be
Forever by your side


10
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 01:52link do post | comentar

A balada tem um fator interessante: depois da terceira ou quarta dose, tanto você fica lindo quanto as beldades da festa ficam fáceis.

 

Nesse sentido, a balada tem um quê de test drive.

 

Você chega na concessionária sem dinheiro para comprar, mas como você está arrumadinho e demonstra interesse, você pode levar as melhores máquinas para testar.

 

Só que nenhuma delas é sua. Aliás, nem interessaria, pois são caríssimas de se manter e despertam a cobiça alheia.

 

E tem mais um problema, também: se você fica frequentando a concessionária, fica visado e ninguém mais vai deixar você dar uma andadinha se não vai levar.

 

Em suma: com test drive e balada, você pode andar com todos, mas nenhum é seu. Nenhum é capaz de te levar aonde você quer chegar.


09
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 05:24link do post | comentar

Republico aqui um texto de Martha Medeiros, escrito por ela para o portal Terra, mas que já não está na internet, de acordo com o Google.

 

O ALTO PREÇO DE FAZER SEXO COM UM ESTRANHO   

18 de outubro de 1999

 

Antigamente, julgar pela aparência não era de todo arriscado. Os bem-vestidos e bem-barbeados costumavam ter mais credibilidade do que aqueles com cara de bandido. Isso acabou. O que tem cara de mauricinho pode ser um marginal. O que tem cara de marginal pode ser um magnata. Esqueçam as aparências.

 

Escrevo isso porque me enviaram um e-mail contando uma história diabólica sobre uma garota que conheceu um cara numa danceteria. Eles ficaram um com o outro, e o sujeito era tão bacana, tão bonito, tão gentil, tão educado, tão família, que ela topou ir para o apartamento dele. Tiveram uma noite de amor daquelas. Ao acordar, no dia seguinte, o galã foi providenciar o café-da-manhã da sua deusa. Voltou para o quarto e serviu de bandeja a iguaria que havia preparado. Não eram torradas. Não eram croissants. Não vou dizer o que era porque, como eu, você também não deve ser chegado em escatologia. O que o rapaz trouxe não foi feito na cozinha, mas no banheiro, e a fez comer com um revólver apontado para a cabeça, enquanto ele se masturbava. Gente finíssima.

 

Não tenho como confirmar se esse caso aconteceu mesmo, mas sei que poderia acontecer, e é o que basta para passá-lo adiante como um alerta. Tem muita gente carente por aí. Gente transando com desconhecidos só para se sentir menos sozinha. Não é pecado. Ao contrário, é natural que as pessoas procurem umas às outras e iniciem um relacionamento sem se conhecerem direito. O conhecimento vem com o tempo. Mas atenção. Uma camisa de grife não é credencial. Um carrão na garagem, qualquer traficante pode ter. Já aquele cara meio desleixado, que a gente nem olha, pode ser um tremendo poeta, um homem sensível que não dá a mínima para moda. Aparência não quer dizer nada. Dê uma espiada na editoria de polícia do seu jornal. Os bandidos andam cada vez mais bonitinhos.

 

A garota deu azar de cruzar com um tarado da pior espécie. O que aconteceu com ela foi exceção. Mas fica aqui o registro. Dizem que esse animal não foi denunciado, está solto, e como ele há muitos homens e mulheres que gostam de humilhar seus parceiros sexuais. Tudo bem procurar diversão nas boates e bares da vida, mas não é boa idéia ficar entre quatro paredes com um pessoa de quem não temos referência alguma. De príncipe a sapo, é um estalo.


08
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 04:34link do post | comentar

Amor ou amizade?

Cazuza

 

A amizade é uma das coisas mais preciosas da vida e fica melhor ainda quando vira amor.
(quero beijá-la e abraçá-la para viver em paz).
Quero dizer-lhe que te amo, no começo confundi com carinho mas hoje tenho certeza que é amor.
(quero beijá-la e abraçá-la para viver em paz).
Você é especial, eu te conheço, e sei que é uma pessoa compreensiva e que me entenderá.
(quero beijá-la e abraçá-la para viver em paz).
Não quero que isso abale a nossa amizade, apenas quero que se complete mais.
(quero beijá-la e abraçá-la para viver em paz).
Espero ansioso que me procure, porque quero beijá-la e abraçá-la, pois só quando ver-me em seus braços poderei sentir paz.

 

Esta letra nunca foi gravada, mas está espalhada pela internet e é atribuída a Cazuza. A Editora Globo lançou uma coletânea das poesias de Cazuza em 2001. Será que este poema está lá?


07
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 04:22link do post | comentar

Quer conhecer um pouco mais sobre o que passava na cabeça desse compositor fantástico?

 

http://www.cazuza.com.br/sec_textos_list.php?language=pt_BR

 

A última frase do texto longo, mas viciante como o autor, é a do título deste post.


06
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:25link do post | comentar

Diálogo fictício:

 

- Não fala nada para ninguém, não, mas eu estou comprometido.
- Sério?
- Absolutamente. Mas adoro quando as alunas dão em cima... É bom para a autoestima... Se elas sabem que eu estou namorando, não vêm me procurar...

 

O professor está comprometido mas ainda precisa das aluninhas para se sentir bem? O seu relacionamento vai mal, não é, professor? Vamos colocar um pouquinho de AmorAmigo aí ou é melhor sair do compromisso. Mulher não está faltando para ele...


05
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:45link do post | comentar

O homem é obrigado a se explicar: por quê, afinal, mesmo depois da liberação social, ele não quer ficar com a mulher? Não é errado que o homem tenha de explicar por que razão não aceita um convite feminino? Uma mulher pode recusar sem explicar. O homem, não, por mais que a mulher seja feia, fedorenta, antipática, depressiva, ou mesmo que ele simplesmente não esteja a fim... como as mulheres fazem!


04
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:44link do post | comentar

Um sujeito que é ético e recusa a relação com um subordinado ou, no caso de um professor, com uma aluna por conta da posição de cada um no ambiente de trabalho é minoria absoluta, tão ínfima que haverá quem diga não conhecer ninguém que recusaria.


03
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 03:42link do post | comentar

Quando é a mulher que toma a iniciativa de propor um relcaionamento puramente sexual a um homem, está implícito, desde o primeiro momento, que dali só vai sair um relacionamento fugaz.

 

Agora, quando é o homem que age desta forma, algumas mulheres tendem a acreditar em uma possibilidade, não somente real, como bem alta, de o relacionamento se consolidar. Impossível...


02
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 02:24link do post | comentar

Estava lendo um texto interessante sobre o freio que impomos a nossas atitudes em certas ocasiões, e uma das coisas que mais me chamou a atenção foi a passagem que trata do "ressentimento que não nos deixa amar".


Muitos de nós temos um amigo ou um ex-parceiro com quem deixamos de nos relacionar por algum desentendimento prévio. É comum, não é mesmo?


O que não pode ser comum é deixarmos que o ressentimento impeça ou freie o perdão ou, até mesmo, a reconciliação, especialmente se nos colocarmos na posição da outra pessoa e percebermos que, talvez, tivéssemos agido de forma semelhante.


E, se isso não for possível, que possamos conversar com amigos em comum ou com a própria pessoa, para buscar esta compreensão de fatos e de razões (ou de emoções...).


Sim, muitas vezes a reaproximação não é desejada, mas falo dos casos em que ela é, sim, querida por todos...


Ou necessária para o nosso bem estar...


01
Fev 11
publicado por AmorAmigo, às 02:21link do post | comentar

Escolha já seu nerd

Os Seminovos

Composição: Maurício Ricardo

 

http://charges.uol.com.br/musica.php?id=35

 

O nerd de hoje é o cara rico de amanhã
O nerd de hoje é o cara lindo de amanhã
O nerd de hoje é o bom marido de amanhã
Garota, escolha já seu nerd!


Enquanto o bonitão está pegando você
O nerd está criando um software no PC
Enquanto o sarado malha na academia
O nerd está lendo as notícias do dia


Enquanto o bonitão tá na balada te chifrando
O nerd com certeza está em casa estudando
O curso superior do gostosão tá no início
E o nerd ganha em dólar no Vale do Silício


O nerd de hoje é o cara rico de amanhã
O nerd de hoje é o cara lindo de amanhã
O nerd de hoje é o bom marido de amanhã
Garota, escolha já seu nerd!


O nerd tem conserto, é só você ensinar
O penteado certo e a melhor roupa pra se usar
O saradão de hoje é o gordo de amanhã...
Parou de tomar bomba? Vai ter que usar sutiã!


O gostosão ainda sai no carro do pai
E o nerd é a atração de um workshop em Dubai
O gostosão te esquece quando vê um carro esporte
E o nerd está lá dentro com uma mulher de sorte


O nerd de hoje é o cara rico de amanhã
O nerd de hoje é o cara lindo de amanhã
O nerd de hoje é o bom marido de amanhã
Garota, escolha já seu nerd!


Imagine o nerd sem cabelo ensebado
Sem espinhas e sem colarinho abotoado
Sem o cinto social junto com tênis branco
Imagine o nerd com cinco milhões no banco!


mais sobre mim
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO