Um blog de recortes e de textos sobre a forma mais sensível de amar, o amor que nasce da amizade, além de outros textos sobre amor, amizade e relacionamentos entre amigos.
18
Set 11
publicado por AmorAmigo, às 01:53link do post | comentar

Chegou-me por via direta uma história interessante.

 

Em contato pela internet, um rapaz conhece uma garota, ambos chegando aos 30.

 

A garota logo o convida para sair, para verem um show juntos. O rapaz tinha compromisso profissional para o dia, não deu certo.

 

À medida que foram se conhecendo - teclando -, apesar de o rapaz ser muito gente boa e estar rolando uma "química", ou, melhor, um encontro de interesses e afinidades, a menina tinha sonhos não realizados, como o de ter filhos.

 

Foi quando o rapaz disse que nunca tinha pensado a sério nisso, mas que, quando está apaixonado, isso lhe vem à mente, apesar de não estar racionalmente convencido.

 

A garota emudeceu.

 

Eu ouvi e li essa história, e ficou claríssimo para mim a total imaturidade da garota. Em vez de fazer o rapaz se apaixonar e convencê-lo a, no futuro, terem um filho, ela preferiu a via fácil de dispensá-lo.

 

Como se, aos 30, ela fosse achar muitos homens sérios desejando ter filhos mais do que esse rapaz queria.

 

Como se a afinidade que eles mostraram se encontrasse em qualquer esquina. Tanto não se encontra que eu até invejei.

 

Como se, mais importante do que buscar o amor de um homem, fosse buscar dele um filho.

 

Como se a decisão de ter um filho fosse, de fato, racional.

 

Respeito a moça. Só acho que, se ela queria filho, buscasse a produção independente ou uma adoção, e não fingisse priorizar a busca pelo amor do rapaz.

 

Mesmo para quem já queria sair antes de conhecer, o sumiço repentino dela foi coerente. Coerente com a falta de maturidade. Coerente com o desconhecimento do AmorAmigo.


mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
13
15
17

19
21
23

25
27
29


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO